O tema que abordaremos hoje é o e-mail marketing, pois, frequentemente, observamos empreendedores reclamando, apontando que suas estratégias são escassas em engajamento. Isso pode ser contornado de forma prática.

Primeiramente, é fundamental tirar da cabeça que para conseguir boa interação em uma campanha de e-mail, é preciso ser expert. Na realidade, o processo todo está muito mais voltado aos métodos utilizados e a como a organização une as ações.

Portanto, vamos mostrar que, apenas direcionando mais atenção e pondo em prática uma estratégia mais bem pensada, os resultados começam a se transformar. Quer saber mais? Veja 6 dicas para tornar sua ação mais efetiva. Boa leitura e vamos lá!

Engajamento da estratégia de e-mail marketing: 6 dicas para ampliar!

Antes de partirmos para as dicas, precisamos salientar uma coisa muito importante aqui. Certamente, existem inúmeros procedimentos em sua empresa que demandam constante atenção, correto?

Seja através da análise de um relatório de produção, ou até mesmo do montante de vendas semanal, é preciso compreender o que está acontecendo. O que queremos dizer é que com uma estratégia criativa de e-mail é a mesma coisa.

Em outras palavras, é imprescindível, em um primeiro momento, identificar quais são os pontos de falha. Qual é o engajamento atual? O que implica uma taxa de abertura baixa? Os leads têm absorvido o conteúdo recebido?

Portanto, toda e qualquer mudança que venha a ser feita, deve passar por uma avaliação bem executada, pois é somente por meio de diagnóstico inicial que surge a possibilidade de mudanças.

Agora sim, vamos ao que interessa! Iniciaremos por um processo que facilita, para você, a compreensão das campanhas atuais, que são os indicadores relacionados ao engajamento!

1 – Por que focar em métricas de engajamento?

Simplesmente porque é a melhor forma para você ter uma noção real da “saúde” dos e-mails marketing. Pense assim: as métricas são como bússolas que permitem entender, em termos práticos, o que pode estar dando errado e o que está dando certo.

Em suma, você pode ter, a seu favor, no mínimo 6 indicadores que facilitam nessa etapa. São eles:

1. A famosa taxa de abertura: a quantidade de e-mails enviados e o percentual de abertura representam um ponto de avaliação;

2. A consequente taxa de cliques: representa a taxa de leads que clicaram em alguma “CTA” e indica o nível de persuasão da campanha;

3. A importante conversão do lead: transparece a quantidade de leads que terminaram a conversão definida pelo e-mail; indica também o nível de sucesso do e-mail enviado;

4. O infortúnio de ter descadastro: duro fim de um lead em sua base de dados, pois acaba demonstrando desinteresse e indica que já não é mais seu público-alvo;

5. A negatividade de ser taxado de Spam: métrica comum em qualquer campanha, pois significa que o lead não está mais interessado, mas uma alta taxa pode representar grandes problemas em sua estratégia;

6. E como está sua interação com o lead: você também tem um papel a desempenhar e, caso o lead demonstre interesse, é fundamental responder de imediato e nutrir o início de um relacionamento.

Cada uma das métricas acima deve ser monitorada diariamente, a fim de identificar pontos de melhorias. E são justamente esses pontos de melhorias que regem o engajamento entre empresa e cliente.

2 – Tenha periodicidade em fazer uma limpeza na lista de e-mails

Lembra do início deste conteúdo, onde dissemos que tudo se resume à organização? Então, aqui já vemos o porquê disso, uma vez que você deve prezar por um “Mailing” limpo de leads inativos, leads que que te marcaram como Spam, entre outras ocorrências nesse sentido.

Isso faz com que fique mais simples visualizar os leads em potencial, direcionar sua mensagem e, sobretudo, maximizar a eficiência da sua segmentação, que é exatamente a nossa próxima dica.

3 – Quão bem segmentada está sua base de contatos?

Gostamos de pensar que a única maneira de atingir com eficácia seu lead, a ponto de gerar interesse nele, é através da segmentação certa. Segmentar uma lista de e-mails é o mesmo que gerar agrupamentos entre leads com interesses iguais ou especificações que só eles têm.

Claro, você sempre deve considerar seu funil de vendas, pois uma mensagem para quem acabou de entrar no funil, definitivamente não é a mesma para quem está quase chegando à decisão de compra, não é verdade?

O lema é aprender cada dia mais sobre seus clientes, potenciais clientes e todos os que puderem ser considerados oportunidades de vendas. Já imaginou como pode ser eficiente utilizar informações demográficas para atingir o ponto certo?

4 – Personalizar suas ações é vital

Certo, agora você tem um mailing bem enxuto, apenas com os que estão interessados de verdade. Deve parar por aí? É óbvio que não, ainda tem muito trabalho a ser feito e a etapa seguinte consiste em personalizar ao máximo seus e-mails marketing.

Sendo assim, podemos elencar dois fatores indispensáveis para sua campanha gerar engajamento: focar na criação de assuntos de e-mail atrativos e diferenciados, além de personalizar sua mensagem, ou seja, tirar do piloto automático.

É nessa etapa que faz todo sentido do mundo contar com uma lista organizada e segmentada, pois facilita, e muito, o trabalho de criação e personalização da mensagem. Pode apostar!

5 – Implemente os melhores gatilhos mentais

Gatilhos mentais podem ser considerados estímulos que você posiciona estrategicamente ao longo da sua mensagem, a fim de surtir mais impacto no leitor. Certamente, você já se viu na “obrigação” de comprar algo que queria, apenas por ver a mensagem “corra, são as últimas unidades”, não é mesmo?

Portanto, se você comprou, saiba que o gatilho mental surtiu efeito. É justamente isso que deve considerar em suas ações de e-mail marketing, desde que planejadas e implementadas na etapa correta.

Um bom gatilho mental associado à CTA (chamada para ação) atrativa pode ter um resultado como você nunca viu antes!

6 – Traga a tecnologia a bordo desta aventura!

A tecnologia, aqui, vem em forma de unificar todo o planejamento com as ações, pois estimula grandes resultados. A partir da automatização do envio de e-mail marketing é viável manter um cronograma assertivo de envios, consolidando sua marca e atingindo os clientes no momento ideal.

Afinal, com um serviço otimizado, a entrega certeira estimula o engajamento, que amplia a taxa de abertura e potencializa a interação dos clientes com suas campanhas. Isso é fato.

Se quiser saber mais sobre essa possibilidade, é só acessar aqui para falar com a nossa equipe. Temos exatamente o que seu negócio necessita para crescer, te aguardamos!


Compartilhe
Onde estamos
Berto Círio, 1450, São Luis, Canoas/RS
CEP: 92420-030
Contato
(51) 3472.3600
ctd@ctd.com.br
Cadastre-se e receba novidades da CTD:
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.