Utilizar o e-mail transacional não é nenhuma obrigação para as empresas, porém, é uma estratégia que vai ao encontro da nova forma de consumo dos clientes, que, mais do que nunca, querem ser parte direta do processo, desde a aquisição até a entrega do produto ou execução do serviço.

Em vista disso, alinhar a automaticidade a um e-mail com esse teor, é algo que deve ser considerado com responsabilidade. Afinal, é uma ação que impulsiona seu negócio ao páreo das empresas de referência no mercado atual.

Quer aprender, na prática, como ampliar a eficiência do e-mail transacional da sua empresa, para oferecer um diferencial ao seu cliente? Então, por que não continua a leitura? Mostraremos algumas estratégias efetivas para isso. Boa leitura!

Como a automaticidade ideal amplia a eficiência do e-mail transacional

Visando esclarecer as diretrizes e o conceito do e-mail transacional, não há como deixar de abordar seu “parente próximo”, que é o e-mail marketing.

Esse formato de e-mail comercial é utilizado exclusivamente na divulgação de produtos e serviços, ao evidenciar promoções e todo tipo de ação que tenha como foco a venda de algo ‒ vide a enxurrada de e-mails que recebemos todos os dias, muitos deles ainda considerados “Spam”.

Por outro lado, o e-mail transacional é uma ação voltada, principalmente, ao pós-compra de um produto ou aquisição de um serviço.

Certamente você já recebeu e-mails avisando sobre a etapa da entrega de um produto ou da confirmação da assinatura de um serviço on-line, não é mesmo? Então, esses sim são os e-mails transacionais, comumente utilizados por lojas virtuais.

Portanto, esta é uma forma efetiva de informar seu consumidor, antes mesmo de ele procurar saber mais sobre o andamento de algo. Na verdade, você se antecipa à necessidade que ele teria de sair em busca de informação, estimulando, assim:

1. A credibilidade da marca;

2. A confiabilidade do cliente nos serviços oferecidos a ele;

3. Maior segurança, a partir de posicionamento atualizado;

4. O fortalecimento da relação com o cliente;

5. Engajamento contínuo com o consumidor.

Todos esses fatores contribuem para que o cliente faça novos negócios com sua empresa. Podemos dizer, então, que todo e-mail transacional tem seu teor de automaticidade, mas é a qualidade dessa característica que faz a diferença.

Em outras palavras, o que sua empresa realmente precisa é de um serviço de qualidade, um serviço que vá além do usual, sempre utilizando procedimentos atuais e que contribuam para sua abertura, visto que a taxa dessa abertura costuma ser o dobro da do e-mail marketing.

4 estratégias para ampliar resultados das ações de e-mail transacional

1 – Seja direto e contundente

Atualmente, devido à massiva quantidade de e-mails enviados diariamente, a maioria acaba descartado, mesmo antes de ser lido. Somado a isso está a constante tentativa de fraude virtual, que deixa quase todo mundo em estado de alerta constante.

Considerando isso, é fundamental, para o sucesso da entrega, que seu e-mail transacional esteja configurado de forma direta e clara. Seu cliente precisa reconhecer de imediato o remetente, pois do contrário, a abertura será prejudicada.

Por isso, atenção ao assunto do e-mail, para que não tenha dubiedade na leitura, e evite, a todo custo, utilizar uma plataforma que ofereça apenas a opção de língua em outro idioma, o que afeta diretamente seu negócio.

2 – Personalize seu e-mail transacional da forma correta

Saber exatamente como personalizar o e-mail transacional é uma arte, pois é evidente a necessidade de se diferenciar do restante. Sendo assim, transmita, em suas ações, o padrão atual da marca, fortalecendo sua presença e estimulando seu cliente a sempre reconhecer seus envios.

Cuidado também com o desequilíbrio entre a quantidade de palavras e imagens, caso as coloque. Este desbalanço interfere na “entregabilidade” dos e-mails.

3 – Aproveite a oportunidade para estimular novos negócios

Não é só porque o e-mail se refere a algo já adquirido e em andamento, que não há a possibilidade de promover novos negócios. Estamos nos referindo à possibilidade de ofertar outros produtos e serviços, de colocar um “lembrete” ao cliente, mostrando que sua empresa tem ainda mais a oferecer.

Entretanto, essa ação deve ser muito bem planejada, para que não haja distorções em sua concepção, a fim de que ele perceba valor nessa ação e que não seja somente uma marca tentando lhe empurrar algo que ele não gostaria.

Portanto, analise a possibilidade com o time de marketing, através de dados, e repense todo o processo, para identificar a certeza e relevância disso. Um grande erro é incumbir apenas o setor de TI com a demanda do envio, uma vez que o foco central deve vir da equipe de marketing e de vendas.

4 – Conte com um serviço personalizado e eficaz de envio

Se você procurar por aí, certamente encontrará diferentes empresas que “oferecem um serviço adequado”. Inclusive, até mesmo ferramentas gratuitas que possibilitam vários envios. Mas, será que é realmente vantajoso?

Será que um serviço razoável é suficiente para atender as exigências e necessidades dos clientes?

Então, como última dica, indicamos que considere muito bem a empresa parceira que irá tratar suas demandas de e-mail transacional, pois a empresa certa pode alavancar seu operacional, com a automaticidade ideal.

Quer saber como e onde conseguir o parceiro ideal para essa necessidade crescente? Acesse agora mesmo para encontrar o que faltava para sua estratégia prevalecer e prosperar!


Compartilhe
Onde estamos
Berto Círio, 1450, São Luis, Canoas/RS
CEP: 92420-030
Contato
(51) 3472.3600
ctd@ctd.com.br
Cadastre-se e receba novidades da CTD:
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.