E-mail Transacional x E-mail Marketing: descubra as diferenças e quando usar cada um 

Não há dúvidas do papel importante que o e-mail tem na estratégia de uma empresa, seja na hora de vender ou de passar informações importantes para o cliente. No entanto, um erro de muitos negócios é confundir tipos muito diferentes de e-mails, como o E-mail Transacional e E-mail Marketing. 

O fato é que não ter isso claro na mente de todos os profissionais envolvidos, pode fazer com que a empresa cometa erros graves. Cada tipo de e-mail tem usos específicos, que precisam ser seguidos pela estratégia para alcançar a eficiência. 

Mas, afinal, qual a diferença entre o E-mail Transacional e o E-mail Marketing? Se você tem essa dúvida e quer aprender como usar ambos os tipos de e-mails, continue lendo e confira!

E-mail Marketing e E-mail Transacional: qual a diferença? 

O erro de muitas empresas é achar que todo tipo de e-mail enviado para o cliente é E-mail Marketing. E isso se torna um problema ainda mais grave quando as equipes da empresa, seja de marketing, de vendas ou mesmo de atendimento, também não possuem clareza sobre como usar cada tipo de e-mail. 

Apesar de parecidos, existem algumas diferenças cruciais, não só no formato, mas também no conteúdo do E-mail Marketing e do E-mail Transacional. Além disso, nem sempre ambos são enviados pela mesma plataforma e é necessário escolher a melhor solução para a empresa. 

Logo abaixo, confira as principais características de ambos os tipos de e-mails. 

E-mail Marketing 

É fácil entender por que muita gente confunde o e-mail marketing com outros tipos de e-mail. Afinal, o e-mail marketing é um dos mais conhecidos e utilizados em estratégias de comunicação de empresas de todos os portes. 

No entanto, o e-mail marketing tem um papel bem determinado. Em termos simples, podemos dizer que o objetivo central dele é vender algo para o cliente. Mesmo quando o conteúdo não é exatamente promocional, o papel do e-mail marketing é guiar o cliente pelo funil de vendas através de conteúdos informativos que culminem na venda. 

Além disso, outra característica central deste tipo de e-mail é o modo como ele é enviado. Diferente do que algumas empresas imaginam, o e-mail marketing deve ser enviado através de plataformas específicas de envio, garantindo que seja enviado para um grupo inteiro de contatos ao mesmo tempo. 

Para isso, há muitos tipos de estratégias que devem ser utilizadas. Segmentação do público do e-mail e uma estratégia clara de funil de vendas são apenas alguns dos pontos mais importantes para que os e-mails entreguem o resultado esperado. 

E-mail Transacional 

Já o e-mail transacional, tem um papel unicamente informativo, com a proposta de dar informações importantes sobre as etapas de uma transação para o cliente, seja em um processo de vendas, cadastro no site ou envio de boleto. 

Ou seja, se o seu cliente fez uma compra em seu estabelecimento e está esperando a aprovação do pagamento ou mesmo a entrega do produto, essas informações serão passadas para ele através do e-mail transacional. De forma resumida, então, o principal papel do e-mail transacional é passar dados de verificação ou confirmação de uma ação, que estejam dentro de um fluxo de transação. 

Por isso, diferente do e-mail marketing, o transacional é esperado pelo cliente. Assim que ele faz uma compra ou opta por receber o boleto de um produto ou serviço por e-mail, ele fica no aguardo da mensagem transacional.  

Quando usar o E-mail Marketing e E-mail Transacional? 

Agora que você entendeu melhor o papel do e-mail marketing e do e-mail transacional, provavelmente já deve imaginar alguns dos usos desses tipos de e-mail. Mas, para facilitar o entendimento, vamos para alguns exemplos práticos que podem ajudar você a entender melhor a função de cada tipo de e-mail. 

Já explicamos que o e-mail transacional tem o papel de informar etapas de alguma transação entre o cliente e a empresa. Eles são importantes, muito esperados pelo cliente e com alta taxa de abertura do e-mail. 

Mas seu uso não se resume ao processo durante uma venda. Ainda que ele seja usado para enviar boleto, informar a aprovação de pagamento ou mesmo o envio de um produto, também pode ter outros usos. Por exemplo, se um cliente abre uma conta no site de sua empresa, ele deve receber um e-mail transacional informando isso. 

Além disso, e-mails de rastreamento de pedido, ou mesmo de encerramento da conta na plataforma da empresa, também se caracterizam como transacionais. 

Por outro lado, o e-mail marketing tem um caráter de venda. Informativos com promoções, ou mesmo e-mails anunciando o lançamento de um produto, são exemplos de e-mail marketing. Além disso, e-mails que tenham como estratégia fortalecer o relacionamento com o cliente e guiá-lo no funil de vendas, também se caracterizam como e-mail marketing. 

Agora, as diferenças entre E-mail Marketing e E-mail Transacional ficaram bem claras, certo? Aproveite para  entender ainda mais sobre como usar o E-mail Transacional na estratégia de sua empresa de forma eficiente com algumas de nossas dicas!

Compartilhe
Onde estamos
Berto Círio, 1450, São Luis, Canoas/RS
CEP: 92420-030
Contato
(51) 3472.3600
ctd@ctd.com.br
Cadastre-se e receba novidades da CTD:
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.