A transformação digital chegou para ampliar a visão dos gestores de que há uma evidente necessidade de mudanças, no que diz respeito ao andamento de processos. Hoje, tudo gira em torno da tecnologia e para alcançar o sucesso é preciso adotar novas ferramentas e metodologias.

Não só isso. O comportamento do consumidor mudou. Agora temos como principal perfil, um consumidor imediatista que necessita de análises rápidas, segurança, agilidade e confiabilidade para comprar em uma determinada empresa.

A conectividade digital mudou a forma como as compras, trocas de informações, veiculação de dados e pagamentos são feitos. É nesse ponto que a realização da estratégia Big Data entra em ação. Acompanhe!

O papel do Big Data na transformação digital

Quando falamos em dados, podemos ter como base o aumento de volume, tipo e velocidade durante os últimos anos em que houve uma evolução tecnológica. Na verdade, desde 2000 que se fala muito sobre a relação do Big Data com a transformação digital.

Antigamente, a veiculação de dados era ainda feita de forma branda, pois as pessoas não tinham segurança nem confiança para isso. Com o passar do tempo, foi sendo criado um enorme banco de dados, com milhões de informações, porém nenhuma estratégia nem orientação.

Nos próximos anos, com a evolução dos nativos digitais, surgirá uma nova exigência: a de que todas as empresas e processos sejam automatizados para rápido atendimento e satisfação do cliente.

Sem dúvidas, hoje, o dado é uma verdadeira moeda de troca. No entanto, é preciso saber utilizá-lo a favor do negócio com segurança. O Big Data, por sua vez, tem um papel fundamental no crescimento de uma empresa. Funciona, basicamente, como um aprimoramento dos processos, a fim de obter informações dos consumidores valiosas de forma rápida, levando em conta também as tendências de mercado, comportamento e potenciais oportunidades.

Por outro lado, é preciso ter domínio sobre quais informações extrair e quais esforços serão exigidos para transformar tudo isso em ações estratégicas personalizadas de marketing.

Por dentro das técnicas e estratégias do Big Data

As técnicas de gerenciamento do Big Data consistem na combinação de dados estruturados com dados não estruturados, isto é, podemos compreender como dado estruturado aquele que pode ser contabilizado (número de vendas, número de leads, número de solicitações de atendimento, etc) e dado não estruturado aquele que leva em conta o comportamento geral dos consumidores.

Colocando esses dados no papel, uma equipe de criação de conteúdo, por exemplo, pode extrair ideias valiosas para criar uma peça publicitária persuasiva e relevante para cada perfil de cliente.

A partir de uma gama de ferramentas tecnológicas de interação como as redes sociais, os profissionais de marketing têm acesso a inúmeros dados que conduzem ações por meio da intenção do usuário. Dessa forma, é possível compreender perfeitamente o que seus clientes necessitam e qual solução desenvolver.

Com isso, empresas que utilizam estratégias Big Data podem criar vantagens competitivas, melhorar o desempenho do negócio, oferecer respostas relevantes aos clientes e obter uma análise em tempo real.

O Big Data é uma tendência da transformação digital e a automação é o primeiro passo para acelerar a empresa no caminho dessa transformação, melhorando a eficiência operacional e trazendo uma nova perspectiva para o negócio.  

E a sua empresa, já está colocando em prática ações e estratégias do Big Data?

Compartilhe
Onde estamos
Berto Círio, 1450, São Luis, Canoas/RS
CEP: 92420-030
Contato
(51) 3472.3600
ctd@ctd.com.br
Cadastre-se e receba novidades da CTD:
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.